Blog CIMATEC

Atualize-se com conteúdos relacionados ao universo da Tecnologia, Inovação e Engenharia.

Dia Mundial da Reciclagem | Reciclagem e Sustentabilidade

Compartilhe:
WhatsApp Image 2021-05-17 at 16.53.56

Por Arilma Tavares*

No Dia Mundial da Reciclagem, 17 de maio, se faz oportuno refletir sobre o quanto ainda precisamos avançar no Brasil para usufruirmos, enquanto sociedade, de todos os benefícios que a reciclagem pode gerar em relação aos aspectos econômicos, sociais e ambientais.

A reciclagem de resíduos é um processo que garante o aproveitamento dos materiais preservando os recursos naturais e reduzindo o gasto energético para a obtenção de matéria-prima, além de promover redução dos aspectos ambientais associados à produção. Dessa forma, trata-se de uma área com vasta possibilidade de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação.

Adicionalmente, trata-se de uma atividade importante para gerarmos uma Economia Circular, ou seja, uma economia que não adota o modelo tradicional de “produzir, consumir e descartar”. Porém, deve ficar claro que a Reciclagem não é suficiente para fomentar tal mudança, pois, para tanto, é necessário rever todo o modelo de produção e consumo. Por outro lado, o seu papel é fundamental nesse processo e deve ser cada vez mais potencializado.

O Brasil está, há 10 anos consecutivos, entre os países que mais reciclam latas de alumínio no mundo. Fechamos o ano de 2020 no terceiro lugar do ranking mundial com um percentual de 97,4% de reciclagem1. Mas, infelizmente, esse panorama não retrata a realidade brasileira como um todo, pois apenas 3% dos resíduos urbanos são reciclados no Brasil, quando o potencial é de 30%2.

Vale destacar que os 70% restantes dos resíduos urbanos são formados por, aproximadamente, 50% de orgânicos (resíduos que podem ser convertidos em adubo e em biogás) e apenas 20% de rejeito (resíduos que, por não haver outra alternativa técnica e economicamente viável, devem ser destinados em aterros sanitários). Vejam que o potencial de aproveitamento é muito alto e, à medida que sejam viabilizadas no Brasil novas alternativas, tudo poderá ser aproveitado e, assim, fecharmos o ciclo, contribuindo para tornar a economia circular!

Mas, tudo isso passa pela Responsabilidade Compartilhada. Todos (governo, fabricantes, distribuidores e consumidores) possuem responsabilidade nesse processo. É preciso nos colocarmos como agentes dessa mudança começando a fazer a nossa parte que deve ir além de separar os resíduos, mas, principalmente, de praticar os 5Rs: Repensar, Recusar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar.

Como cidadão, você pode contar com aplicativos específicos de coleta seletiva de resíduos, com pontos de entrega voluntária e cooperativas próximas de sua residência. Não espere a coleta seletiva chegar até a sua porta, a necessidade de avanço nessa área é muito grande e, por isso, todos nós precisamos enveredar esforços.

A lógica dos 5Rs é análoga à metodologia aplicada ao setor produtivo, denominada de Produção Mais Limpa. Ou seja, trata-se de uma forma preventiva e enxuta de pensar, priorizando a redução do consumo dos insumos, energia e matéria-prima, bem como a não geração do resíduo e, quando esse é gerado, prioriza-se o seu aproveitamento internamente. Como consequência, tem-se ganhos econômicos e ambientais notórios, eliminando passivos e melhorando a relação com as partes interessadas.

Como empresa, busque alternativas para melhor gerenciar os resíduos gerados em seus processos. Nesse sentido, você poderá contar com o SENAI CIMATEC para apoiá-los no âmbito de consultoria, treinamentos ou mesmo em pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Precisamos ampliar e potencializar a reciclagem para garantirmos um padrão de desenvolvimento sustentável. Assim, contribuiremos com vários dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que constam na Agenda Global (2015-2030) pactuada por 193 nações, entre elas o Brasil, através da Organização das Nações Unidas (ONU).

Que o Dia Mundial da Reciclagem sirva para nos inspirar na direção da valorização do resíduo como matéria-prima, agregando valor, gerando renda, emprego e inclusão social, além de ganhos ambientais com a redução da poluição e do consumo de recursos naturais.

Referências:

1 – Associação Brasileira do Alumínio (Abal) em 2020.

2 – Panorama dos Resíduos Sólidos de 2018 da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe).

* Arilma Tavares é Engenheira Sanitarista e Ambiental, Mestre em Engenharia Ambiental Urbana, Especialista em Soluções Ambientais e Pós Graduanda em Direitos Humanos, Responsabilidade Social e Cidadania Global. É coordenadora de Sustentabilidade do SENAI CIMATEC.

Postagens

Relacionadas

Onde

Estamos

Av. Orlando Gomes, 1845 Piatã, Salvador - BA,41650-010

Veja no Google Maps

Entre em

Contato

Fale Conosco

contato@senaicimatec.com.br +55 (71) 3534-8090
Agende uma Visita

Envie uma Mensagem

SENAI Cimatec 2016 - Todos os direitos reservados.