Notícias

AIRIS consolida Bahia como referência nacional em supercomputação para indústria

Compartilhe:
Foto: Divulgação Repsol Sinopec BrasilFoto: Divulgação Repsol Sinopec Brasil

Na tarde de ontem (24/out), foi inaugurado o supercomputador AIRIS (Artificial Intelligence RSB Integrated System), fruto de parceria entre o SENAI CIMATEC – que sediou a cerimônia de inauguração – e a Repsol Sinopec Brasil. A nova máquina de alta performance, que tem capacidade de processamento de 800 Teraflops, reforça a Bahia como referência nacional na área de supercomputação voltada para a indústria. Hoje, o AIRIS é o computador mais potente do país voltado integralmente à pesquisa industrial.

A inauguração contou com a presença do Presidente em Exercício da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), João Batista; do Diretor de Tecnologia e Inovação do SENAI CIMATEC, Leone Andrade; do CEO da Repsol SINOPEC, Mariano Ferrari; do Secretário da Casa Civil do Estado da Bahia, Bruno Dauster; do Embaixador da Espanha no Brasil, Fernando Garcia Casas; do Secretário de Planejamento do Estado da Bahia, Walter Pinheiro; da Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Repsol SINOPEC, Tâmara Garcia; do Superintendente de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, Alfredo Renault; e do Diretor de Big Data e Security da Atos Bull América Latina, Luis Casuscelli. Cerca de 400 pessoas participaram da cerimônia, que teve cobertura da imprensa nacional e internacional.

“Um dos objetivos da instalação do AIRIS é permitir a solução de problemas complexos com significativa redução de tempo de processamento, acelerando a tomada de decisões, reduzindo custos e contribuindo para tornar as operações mais seguras. Em operações complexas como as que temos no pré-sal brasileiro, essa imensa capacidade de processamento permitirá que sejam geradas imagens sísmicas com qualidade cada vez melhor”, declarou Mariano Ferrari, CEO da Repsol Sinopec Brasil.

Conforme explicou Adhvan Furtando, Gerente Executivo de Computação do SENAI CIMATEC, um supercomputador como o AIRIS é empregado na resolução de problemas muito complexos, como os de imageamento sísmico. “No pré-sal brasileiro, o petróleo está longe da costa, muito profundo. Lá embaixo, para se conseguir identificar o melhor ponto, é necessário um algoritmo muito complexo, que um computador normal não tem capacidade para processar”, disse Adhvan.
O AIRIS é voltado prioritariamente para o setor de óleo e gás, mas também pode beneficiar outros segmentos estratégicos para o país, como os de energias renováveis, biotecnologia e mineração, além de possibilitar aplicações em inteligência artificial.

“Foi um desafio montar uma arquitetura de configuração específica para problemas complexos de petróleo e gás, mas ao mesmo tempo genérica o suficiente para realizar atividades em outros setores”, explicou o Gerente do Centro de Supercomputação do SENAI CIMATEC, João Marcelo Silva.

A capacidade de processamento de 800 TeraFLOPS equivale a cerca de 5000 computadores pessoais. “Essa comparação é apenas didática, já que mesmo com computadores convencionais trabalhando em conjunto, seria impossível chegar a essa capacidade, porque o supercomputador tem também uma rede e armazenamento de alto desempenho”, disse João Marcelo.

Em relação às versões mais antigas de supercomputadores, o AIRIS representa avanços em termos de sustentabilidade, com uma melhor eficiência térmica e custo de energia menor. O investimento no desenvolvimento da máquina e da estrutura necessária para o seu funcionamento foi de R$27 milhões. O AIRIS passou cerca de 10 meses para ser fabricado e pesa mais de cinco toneladas.

CENTRO DE SUPERCOMPUTAÇÃO REFERÊNCIA

Além do AIRIS, outras três máquinas que compõem o Centro de Supercomputação do SENAI CIMATEC: o Yemoja, em parceria com a Shell, voltado para as pesquisas para otimizar a exploração de petróleo e gás nas camadas do pré-sal; o Omolu, montado em parceria com a Fiocruz para processamento de dados de pesquisas na saúde pública; e o Ògún, dedicado às pesquisas industriais em diversos segmentos. Há ainda um quinto supercomputador, que já está em processo de instalação e configuração, montado em parceria com a Petrobras.

Multimídia

Todos Fotos Vídeos

Onde

Estamos

Av. Orlando Gomes, 1845 Piatã, Salvador - BA,41650-010

Veja no Google Maps

Entre em

Contato

Fale Conosco

contato@senaicimatec.com.br +55 (71) 3534-8090
Agende uma Visita

Envie uma Mensagem

SENAI Cimatec 2016 - Todos os direitos reservados.