Notícias

Nota de Esclarecimento – Túnel de Desinfecção do CIMATEC atende requisitos da Anvisa

Compartilhe:
NOTA_2

O Projeto Experimental de desenvolvimento do Túnel de Desinfecção do SENAI CIMATEC, realizado em parceria com o Governo do Estado da Bahia, atende adequadamente aos requisitos especificados na Nota Técnica 38/2020 de 07 de maio, da ANVISA, que permite o uso de túneis em ambientes controlados, em serviços de saúde, e para uso exclusivo por profissionais que utilizem equipamentos de proteção individual (EPIs). O túnel não é para ser utilizado na desinfecção das pessoas e sim para a desinfecção das superfícies dos EPIs.

O desafio do projeto é associar a eficácia do uso do túnel combinada às demais medidas de proteção individual (EPIs), frente à redução da possibilidade de contaminação dos profissionais de saúde. O desinfetante utilizado (hipoclorito) já é amplamente recomendado e utilizado por décadas para uso na desinfecção de superfícies de ambientes hospitalares e domiciliares pela OMS, ANVISA e órgãos internacionais de saúde, inclusive com eficácia comprovada para o novo coronavírus.

Por outro lado, e conforme a recomendação da ANVISA, o hipoclorito não deve ser utilizado diretamente sobre o corpo e sim sobre superfícies. O objetivo do projeto é exatamente esse, reduzir a contaminação na superfície dos EPIs, em aplicação exclusiva para hospitais e para os profissionais de saúde, antes da etapa de desparamentação (retirada dos EPIs).

Sabe-se que um dos momentos mais críticos para a contaminação dos profissionais de saúde é durante a retirada dos EPIs, já que eles carregam em sua superfície uma alta carga viral.  Mesmo os profissionais mais treinados correm risco de contaminação nesta etapa. Dessa forma, o túnel funciona como uma barreira adicional na proteção das equipes de saúde nos hospitais de referência para a COVID-19.

Porém, essa prática não deverá substituir a recomendação de que, após o uso dos EPIs, estes devem ser retirados cuidadosamente, mediante protocolo definido e amplamente divulgado para os profissionais – fundamental para a segurança destes –, para posteriormente fazer a adequada higienização pessoal (banho) e troca de roupas, conforme recomendação da nota técnica 38/2020 ANVISA.

 

Informações do projeto e requisitos:

  • O projeto visa avaliar o nível de eficácia do túnel como uma barreira adicional na descontaminação dos EPIs, e por isso estudos experimentais já estão sendo conduzidos pelo SENAI CIMATEC para demonstrar o grau de redução da carga microbiana nas superfícies dos diferentes equipamentos de segurança após a utilização do túnel.
  • Além disso, será realizado o monitoramento dos profissionais envolvidos no estudo com relação a infecção pelo SARS-CoV-2 através de testes de RT-PCR.
  • O projeto foi desenhado pelo SENAI CIMATEC em articulação com a DIVISA (Bahia) e ANVISA e em conformidade com todos os requisitos técnicos de desenvolvimento experimental.
  • O dossiê com todas as informações técnicas do túnel foi entregue a DIVISA e o projeto experimental foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), o que reforça a preocupação do SENAI CIMATEC em cumprir de forma rigorosa e com respaldo técnico-científico todas as etapas do projeto.
  • A pesquisa experimental está sendo conduzida sob a supervisão do Prof. Dr. Roberto Badaró, médico infectologista e pesquisador chefe do Instituto SENAI de Inovação em Sistemas Avançados de Saúde, do SENAI CIMATEC.

Multimídia

Todos Fotos Vídeos

Onde

Estamos

Av. Orlando Gomes, 1845 Piatã, Salvador - BA,41650-010

Veja no Google Maps

Entre em

Contato

Fale Conosco

contato@senaicimatec.com.br +55 (71) 3534-8090
Agende uma Visita

Envie uma Mensagem

SENAI Cimatec 2016 - Todos os direitos reservados.